www.elianeaccioly.net

VIDA SE FAZ POR CONTÁGIO

Textos

Resenha: O amor é possível.
De Eliane Accioly
Filme: O Filho do Outro.
Direção: Lorraine Levy
Elenco: Emmanuelle Devos, Pascal Elbé, Jiles Sitruk, entre outros.

A história se passa em Isrrael  e Palestina, povos e etinias diferentes ocupando o mesmo território geográfico, cheio de fronteiras e ódios entre povos irmãos: “Jacob e Ismael não são filhos de Abrahão? “ Em determinado momento, se recorda um dos personagens.

Dois bebês, o filho de palestinos, outro de israelenses foram trocados, numa maternidade, nas confusões do pós-parto, durante uma noite de bombardeio.  Os meninos crescem, cada qual,  em famílias amorosas, e aos 18 anos, o drama surge, após os resultados inegáveis de um exame de sangue: os pais israelenses tinham o fator RH A positivo, enquanto o suposto filho, RH A negativo. A mãe israelense é médica, e aciona o problema que todos, a princípio, a não ser ela, gostariam de negar. A mãe palestina apoia, apesar de devastada, pelo amor ao filho que criou, e o temor de perdê-lo.  

O filme é uma surpresa, pois na verdade, no lugar de afastamento, o drama gera aproximações, nada fáceis, mas verdadeiras, e que poderão se desdobrar em verdadeira fraternidade. O que acontece é que os desejos surgem: pessoas da família palestina, por exemplo, querem conhecer Telavive e o mar. Alguns já o conheciam. Mas principalmente, o desejo de se aproximar e se conhecer uns aos outros, e aplainar as arestas vivas, entre eles e suas diferenças: israelenses e palestinos. Entre Israel e Palestina nada muda, mas aquelas pessoas jamais voltariam a ser as de antes da revelação.


Eliane Accioly
Enviado por Eliane Accioly em 01/02/2013
Alterado em 03/02/2013


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras